domingo, 7 de fevereiro de 2010

Convivendo com uma barriguinha - a questão do padrão de beleza.


Nas últimas décadas o padrão de beleza que prioriza excessivamente a mulher magra vem causando muitas consequências. Não raro vemos casos de cirurgias estéticas que terminam tragicamente, outras vezes são os remédios impróprios além da anorexia e a bulimia.
O mais importante é a mulher saber que trata-se apenas de um padrão e nem sempre na história da humanidade foi assim. Os padrões normalmente são fixados pelo cinema, pela moda, pelas propagandas, telenovelas, etc. Apesar dos homens incorporarem de certa forma essa moda não quer dizer que aquelas mulheres que não estão totalmente no padrão não sejam atraentes. Em outro post nesse mesmo site já discutimos a Sensualidade das Gordinhas onde se vê que a beleza não está necessariamente ligada ao peso.
Mas para aquelas mulheres que não estão se sentindo bem com uma barriguinha e em determinados momentos se incomodam por não possuir o corpo "perfeito" eis aqui algumas dicas de vestimenta para camuflá-las.
Use; cores escuras e peças soltas sobre a roupa, blusa e túnicas mais folgadas na região do ventre com barra abaixo da barriga colaboram. Paletós, tecidos armados e corte reto, vestidos folgados, cós da calça e saia ajustado à cintura são essenciais para disfarçar a barriguinha.
Evite; roupas justas de modo que fique com a cintura marcada, roupas de deixem a barriga de fora, estampas muito grande com padrão xadrez na região do ventre, blusa curtas, calças justas de cós baixo, saias e vestidos justos de tecido mole, blusa por dentro da calça ou da saia.
Postura adequada; manter a costas reta com os quadris encaixados e tentando esconder sutilmente a barriga pode ser útil, não tente empinar o bumbum para dissimular a barriga. Além de ser prejudicial à postura pode enfraquer os músculos da barriga.
Uma informação interessante que as mulheres têm que ter em mente é que os homens nem sempre se incomodam com barriguinhas (não estamos nos referindo a casos de obesidade) é muito normal homens acharem-nas sex e se sentir atraído. Alguns não divulgam porque querem se enquadrar na moda e ter uma mulher que represente o padrão atual, no entanto, não perdem uma oportunidade de pular a cerca com uma mulher mais cheinha.
Dessa forma, as dicas acima servem principalmente para uma convivência mais harmoniosa e sem correr riscos de cirurgias, remédios e demais procedimentos que podem ser prejudiciais.

Referência:
YUFON, Christine. Toda mulher pode ser bonita: guia de valorização pessoal. São Paulo: Gente, 1998.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...