terça-feira, 26 de janeiro de 2010

O erotismo das palavras- écouteurismo (prazer em ouvir palavrões)


Em determinada ocasião, meio sem sono e tarde da noite, sintonizei uma rádio e me surpreendi com alguns gemidos femininos. Era um concurso onde a ouvinte que gemesse melhor ganharia uma noite num motel.
Com certeza eu não era o único a ouvir aquela programação naquele momento. É muito normal as pessoas se excitarem em ouvir palavras eróticas e até palavrões. O nome para isso é écouteurismo pode-se dizer que é o mesmo prazer do exibixionismo e do voyerismo só que de forma auditiva. Quem as pronuncia pode ser uma parceira (o) na hora da relação ou pode estar longe, é o que se constata no serviços chamados disk sexo.
Esse tipo de prazer tem um estímulo sexual dos mais abrangentes e fortes, a ponto da pessoa chegar ao orgasmo só de ouvir as palavra, sem sequer se tocar. A variedade pode ser enorme, há quem gosta dos palavrões mais esdrúxulos, já outros (as) preferem besteirinhas mais sutis. Como diz a pesquisadora Andréia Gomes Nakano no site da Abril.com "quanto mais você brincar com a imaginação dele melhor." As palavras são dirigidas para as mulheres o que não significa que elas também não gostem de ouvir palavrões eróticos.
Wilma Azevedo, no seu livro "Sadomasoqusmo Sem Medo" sustenta que "...a liberação feminina permite que a mulher, além de falar palavrões, também se sinta compelida a uma excitação mais intensa quando é chamada de palavras obscenas na cama."
Vale lembrar que esse tipo de excitação não se resume apenas em palavras articuladas de forma que se faça entender, a excitação também pode ser provocada pelos sons em geral: featulências, barulho de descarga, efeito sonoros de uma pessoa urinando etc.

Referências:
AZEVEDO, Wilma. Sodomasoquismo Sem Medo. São Paulo: Iglu, 1998
Livia Valim e Victoria Lucia In: Abril.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...